segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Kim Kardashian foi amarrada e teve US$ 11 milhões roubados, diz jornal

Kim Kardashian  (Foto: Reprodução/Instagram)Kim Kardashian (Foto: Reprodução/Instagram)


Kim Kardashian, que foi rendida por cinco homens armados na madrugada desta segunda-feira, 3, na França, em Paris, teve um prejuízo grande de acordo com o jornal britânico "Daily Mail". Após render a socialite e a amarrar em um banheiro de hotel, os homens armados teriam levado joias avaliadas em 11 milhões de dólares. Eles também teriam levado dois celulares de Kim com suas informações pessoais.
Segundo o 'Daily Mail', a mulher de Kanye Westteve sua caixa de joias, no valor de US$ 7 milhões, e um anel de US$ 4 milhões, levados pelos assaltantes, que por volta das 2h30 da madrugada desta segunda-feira entraram no hotel e algemaram o guarda noturno. Eles teriam ameaçado Kim Kardashian com uma arma e a trancado no banheiro.
Ainda de acordo com o jornal britânico, um fotógrafo, que vem seguindo Kim desde que ela chegou em Paris, está sendo interrogado pela polícia. Ele teria entrado em um restaurante onde ela e sua família foram jantar no início da semana vestido de policial - mesmo 'disfarce' usado pelos bandidos que assaltaram a socialite. De acordo com a "NBC News" os cinco homens envolvidos no sequestro escaparam em bicicletas e eles ainda estão foragidos.
Em entrevista à emissora 'CNN', o porta-voz de Kim, Ina Treciokas, relatou que ela não está ferida, mas que homens vestidos de policiais a ameaçaram em um quarto de hotel. "Kim Kardashian foi feita de refém com uma arma dentro de seu quarto de hotel em Paris, esta noite, por homens mascarados, armados, e vestidos como policiais. Ela está muito abalada, mas fisicamente ilesa," disse ele.
Kim volta para os EUA
Na segunda-feira de manhã, Kim embarcou em um jato privado de volta para os EUA acompanhado pelo seu assistente e guarda-costas pessoal Pascal Duvier. Imagens publicadas pelo "Daily Mail" mostram que ela cobriu a cabeça com um lenço preto como ela foi conduzida pela pista ao plano de espera.
Kim estava em Paris com sua mãe, Kris Jenner, e a irmã Kendall Jenner. Elas estavam na cidade para participar da Semana de Moda de Paris. De acordo com a 'CNN', não se sabe se a família de Kim, incluindo seus dois filhos pequenos, estavam presentes. Mas segundo o "Daily Mail", North e Saint não estavam envolvidos no ataque.
Kanye West interrompe show
No twitter do festival onde Kanye se apresentava foi publicada uma mensagem para os fãs: "Por conta de uma emergência, Kanye West teve que encerrar sua apresentação mais cedo. Por favor, podem ir para casa em segurança". "Eu tenho uma emergência familiar. Eu tenho que parar", disse Kanye na apresentação.
Nas redes sociais, Kim Kardashian virou um dos nomes mais comentados na madrugada desta segunda-feira. Ela também alcançou o Trending Topics do Twitter no Brasil. Alguns comentários maldosos sobre a violência sofrida por Kim incomodaram famosos dos Estados Unidos. O humorista e apresentador James Corden lamentou as piadas sobre o caso: "Pessoas fazendo piadas sobre Kim Kardashian. Esta noite fariam bem em lembrar que ela é uma mãe, uma filha, uma esposa, uma amiga. Sejam agradáveis ou calem-se."
fonte:Ego

Nenhum comentário:

Postar um comentário