quarta-feira, 13 de julho de 2016

Overdose coletiva’ de maconha sintética leva dezenas para o hospital

Paramédicos atenderam várias pessoas quase inconscientes que estavam estiradas pelas calçadas


Dezessete pessoas foram hospitalizadas nesta terça-feira (12) por causa de uma possível overdose de K2, conhecida como maconha sintética, no Brooklyn, em Nova York (EUA), segundo informações do ‘Daily New’.
As autoridades foram informadas a respeito dessa onda de overdoses após um telefonema para a emergência 911, que relatava a presença de pessoas com estado mental alterado na Rua Stockton, perto da Avenida Myrtle, em plena manhã, por volta das 9h40 em Bedford-Stuyvesant.
Bombeiros, policiais e paramédicos encontraram nessa região 17 pessoas quase inconsciente.
“Foi como uma cena de The Walking Dead, eles estavam como zumbis”, disse chocado um morador do bairro, Brian Arthur.
Estado deplorável
Uma mulher que estava sendo atendida por um policial estava quase inconsciente, com os olhos virados para cima. Em outro parte da rua, um homem parecia estar em estado de sonambulismo enquanto policiais tentavam convencê-lo a entrar em uma ambulância para ser atendido.
No total, oito pessoas em estado alterado foram hospitalizadas.
“Foi como uma cena de The Walking Dead, eles estavam como zumbis”, declarou um morador do bairro
“Foi como uma cena de The Walking Dead, eles estavam como zumbis”, declarou um morador do bairro
Ao lado de muitas desses usuários, estavam pacotes com os apelidos dessas drogas conhecidos nas ruas. Doze pacientes foram levados para Woodhull Hospital. Cinco foram levados para Wyckoff Heights Medical Center.

Fora de controle
A droga tem afligido o bairro nos últimos anos, com viciados visivelmente em estado alterado largados ao longo das calçadas, segundo contam vizinhos e trabalhadores que circulam pela região.
O Departamento de Saúde da cidade informa que tem registrado um pico de atendimentos de emergência relacionados ao K2 em prontos-socorros de toda a cidade.
A instituição alerta: “Lembramos os nova-iorquinos que o K2 é extremamente perigoso”.
O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, assinou em outubro uma lei que torna crime a venda ou produção de K2, com pena de até um ano de prisão e multas no total de R$ 181.600,00. Mas pelo visto a droga está se alastrando pela cidade.
fonte:R7


  • Crise financeira coloca cristãos em risco na Venezuela..
  • " Bem vindos ao inferno "; diz faixa de policiais
  • Facebook terá vídeos ao vivo com filtros similares...
  • Venezuela: 87% dizem não ter dinheiro para comprar comida...
  • Refugiados afirmam ter visto Jesus em travessia ...
  • Coca, Ambev e Pepsi fecham acordo: não vender refrigerantes...
  • Menina escreve carta à mãe e denuncia pai por estupro ...
  • Incêndio em pet shop mata animais
  • Número de mortos por H1N1 no Brasil sobe ..
  • A árvore da morte
  • Bebês com três pais podem se tornar realidade...
  • Eduardo Paes minimizou o estado de calamidade pública...
  • Imprensa internacional repercute decreto de calamidade pública...
  • Especialistas questionam decreto de calamidade pública...
  • Governo do RJ decreta estado de calamidade pública...
  • Cobra é encontrada congelada por causa do frio
  • Morre o filho de Eyshila.
  • Nasce bebê de mulher que estava com morte cerebral...
  • Turista é presa e condenada por denunciar estupro ...
  • Terrorista mata um policial e sua esposa em ataque...
  • Supremo vai decidir sobre abertura de inquérito ...
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário