sexta-feira, 15 de julho de 2016

Chineses que viviam como escravos


Chineses resgatados pelos fiscais do Ministério do Trabalho vivia em condições sub-humanas (Foto: Divulgação/MTE)Chineses resgatados pelos fiscais do Ministério do Trabalho vivia em condições sub-humanas (Foto: Divulgação/MTE)
Um casal de chineses que trabalhava em condição análoga à escravidão numa pastelaria no Rio de Janeiro, segundo o Ministério do Trabalho, foi resgatado pela equipe de Fiscalização da Superintendência Regional do Trabalho no estado, durante operação realizada em conjunto com o Grupo Especial de Fiscalização Móvel.
O casal, que teria chegado ao Brasil em 2011, trabalhava sem vínculo empregatício desde o ano seguinte e morava no andar de cima do estabelecimento, em espaço improvisado e insalubre. Nunca tiveram a carteira de trabalho assinada e, de acordo com relatos de vizinhos, sempre moraram no local. Sem falar ou compreender bem o português, precisaram de um intérprete de mandarim para prestar depoimento.

O auditor fiscal do trabalho Alexandre Lyra, que esteve no local, relata que o andar de cima da pastelaria, usado como moradia, não tem condições para ser habitado. “O pé direito é baixo, não há janelas, as paredes estão mofadas, não existem condições de higiene, as instalações elétricas são precárias e há risco de desabamento”, disse.

Após o resgate, os estrangeiros receberam todas as verbas rescisórias referentes ao tempo em que trabalharam na pastelaria e foram encaminhados aos programas sociais do Governo Federal. O proprietário da lanchonete foi multado.
fonte:G1






  • Crise financeira coloca cristãos em risco na Venezuela..
  • " Bem vindos ao inferno "; diz faixa de policiais
  • Facebook terá vídeos ao vivo com filtros similares...
  • Venezuela: 87% dizem não ter dinheiro para comprar comida...
  • Refugiados afirmam ter visto Jesus em travessia ...
  • Coca, Ambev e Pepsi fecham acordo: não vender refrigerantes...
  • Menina escreve carta à mãe e denuncia pai por estupro ...
  • Incêndio em pet shop mata animais
  • Número de mortos por H1N1 no Brasil sobe ..
  • A árvore da morte
  • Bebês com três pais podem se tornar realidade...
  • Eduardo Paes minimizou o estado de calamidade pública...
  • Imprensa internacional repercute decreto de calamidade pública...
  • Especialistas questionam decreto de calamidade pública...
  • Governo do RJ decreta estado de calamidade pública...
  • Cobra é encontrada congelada por causa do frio
  • Morre o filho de Eyshila.
  • Nasce bebê de mulher que estava com morte cerebral...
  • Turista é presa e condenada por denunciar estupro ...
  • Terrorista mata um policial e sua esposa em ataque...
  • Supremo vai decidir sobre abertura de inquérito ...
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário