quarta-feira, 1 de junho de 2016

‘Governo não vai mais controlar preço da gasolina’


Segundo novo presidente da Petrobras, "acabou" a influência política na estatal
Segundo novo presidente da Petrobras, “acabou” a influência política na estatal












Ao tomar posse nesta quarta-feira, em cerimônia no Palácio do Planalto, o novo presidente da Petrobras, Pedro Parente, disse que o governo federal não vai mais interferir nos preços de combustíveis da companhia. Segundo Parente, “acabou” a influência política na estatal.
“O preço é uma decisão de natureza empresarial”, afirmou, em sintonia com o discurso do presidente interino Michel Temer (PMDB). “O governo não vai interferir na gestão profissional que ele quer que a Petrobras tenha.” Uma das principais críticas à política econômica do governo Dilma Rousseff tinha por alvo o controle obsessivo e desastroso dos
Parente se negou a antecipar se haverá ou não um reajuste no preço da gasolina, limitando-se a dizer que a empresa fará “o que for necessário”. “Não vou falar especificamente o que vai acontecer com os preços”.
O novo presidente da estatal confirmou que manterá as decisões de desinvestimento tomadas na gestão de Aldemir Bendine, seu antecessor, e afirmou que o plano para a venda de ativos da companhia, como subsidiárias e equipamentos, é uma maneira de usar os próprios recursos da companhia para reduzir o endividamento, já que a previsão do governo para o ano é de um déficit de 170 bilhões de reais, o que não deixaria margem para o socorro do Tesouro. Parente falou em “realismo” e disse que a solução para resolver essa situação “passa, sim, pela venda de ativos”.
 Fonte: Veja






  • Grávidas devem evitar Rio de Janeiro, diz OMS
  • Moro aceita denúncia contra Delúbio, Ronan, Marcos...
  • Temer fará discurso de abertura dos Jogos Olímpicos...
  • Temer 'não tem legitimidade para conduzir o País',...
  • A equipe de Michel Temer é formada de investigados...
  • 'Não podemos mais falar em crise', diz Temer
  • 'Posso ter cometido erros, mas não cometi crimes',...
  • Kim Kardashian receberá prêmio por quebrar a internet...
  • Collor dá lição de moral, critica fisiologismo ...
  • Ataques terroristas matam quase 100 pessoas
  • Prestes a ser afastada, Dilma publica 14 decretos
  • Comissão do Senado aprova relatório pelo impeachment...
  • TRE condena Temer, que está inelegível pelos próximos...
  • Espanha registra 1º caso de microcefalia relacionado...
  • Temer pode ser primeiro presidente 'ficha-suja
  • WhatsApp manda executivos ao Brasil
  • Comissão do Senado tem 'Cunha psicopata' e Dilma ...
  • Primeiro processo por crime de guerra na Síria ...
  • Trump segue invencível
  • Brasileira é suspeita de abandonar criança ...
  • Corpos de alpinistas são achados no Himalaia 16 anos depois...
  • Avanço de supergonorreia que pode se tornar intratável...
  • Prefeito do Rio' em cerimônia da Tocha
  • Juiz que suspendeu WhatsApp vai enfrentar processo...
  • Janot afirma que Cunha era 'um dos líderes' ...
  • Francês processa empresa porque trabalho era entediante...
  • Obama posta foto de 5ª série e homenageia professora...
  • Mark Zuckerberg diz que bloqueio do WhatsApp foi '...
  • Três irmãos de 5 anos foram fotografados distribuindo...
  • Brasil já teve 290 mortes por H1N1 este ano
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário