quarta-feira, 22 de junho de 2016

Coca, Ambev e Pepsi fecham acordo: não vender refrigerantes nas escolas


Imagem: Divulgação

As gigantes Coca-Cola Brasil, Ambev e PepsiCo Brasil fecharam um acordo para não vender refrigerantes nas cantinas das escolas para crianças de até 12 anos. As empresas dizem entender que os pequenos, nesta faixa de idade, não têm maturidade suficiente para tomar decisões de consumo. A informação é da coluna de Ancelmo Gois, do ‘O Globo’.
Segundo o colunista, as empresas combinaram que vão comercializar apenas água mineral, suco 100% da fruta, água de coco e alguns lácteos. Novo produtos deverão seguir “determinados critérios nutricionais”.
A proibição da venda de refrigerantes em escolas, considerado um produto pouco saudável, assim como hambúrgueres, é objeto de projetos no mundo inteiro.

Fonte: O Globo





  • Ataques terroristas matam quase 100 pessoas
  • Prestes a ser afastada, Dilma publica 14 decretos
  • Comissão do Senado aprova relatório pelo impeachment...
  • TRE condena Temer, que está inelegível pelos próximos...
  • Espanha registra 1º caso de microcefalia relacionado...
  • Temer pode ser primeiro presidente 'ficha-suja
  • WhatsApp manda executivos ao Brasil
  • Comissão do Senado tem 'Cunha psicopata' e Dilma ...
  • Primeiro processo por crime de guerra na Síria ...
  • Trump segue invencível
  • Brasileira é suspeita de abandonar criança ...
  • Corpos de alpinistas são achados no Himalaia 16 anos depois...
  • Avanço de supergonorreia que pode se tornar intratável...
  • Prefeito do Rio' em cerimônia da Tocha
  • Juiz que suspendeu WhatsApp vai enfrentar processo...
  • Janot afirma que Cunha era 'um dos líderes' ...
  • Francês processa empresa porque trabalho era entediante...
  • Obama posta foto de 5ª série e homenageia professora...
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário