segunda-feira, 28 de março de 2016

Talibã assume ataque no Paquistão e diz que cristãos eram alvo

Facção do Talibã Jamaat-ul-Ahrar assumiu autoria pelo ataque. Atentado deixou 65 mortos e dezenas de feridos na cidade de Lahore
Facção do Talibã Jamaat-ul-Ahrar assumiu autoria pelo ataque. Atentado deixou 65 mortos e dezenas de feridos na cidade de Lahore


A facção do Talibã Jamaat-ul-Ahrar disse que foi a responsável por um ataque a bomba suicida que matou ao menos 65 pessoas na cidade paquistanesa de Lahore neste domingo (27), e afirmou que o alvo do ataque foi a minoria cristã do país, majoritariamente muçulmano.
“O alvo foram os cristãos”, disse um porta-voz da facção, Ehsanullah Ehsan. “Nós quisemos mandar essa mensagem para o primeiro-ministro Nawaz Sharif, de que nós entramos em Lahore. Ele pode fazer o que quiser, mas não será capaz de nos parar. Nossos homens-bomba vão continuar com esses ataques”.
Militantes do Islã no Paquistão têm atacado cristãos e outras minorias religiosas com frequência ao longo da última década. Os cristãos acusam o governo do país de poucos esforços para protegê-los.
Ataque
Testemunhas disseram ter visto partes de corpos espalhadas pelo estacionamento quando a poeira baixou após a explosão. O parque estava particularmente movimentado no domingo, devido ao fim de semana do feriado de Páscoa.
“A maioria dos mortos e feridos eram mulheres e crianças”, disse o superintendente de polícia da região onde fica o parque, Mustansar Feroz.
Em 2014, o Paquistão lançou uma ofensiva contra o Talibã e combatentes jihadistas aliados, para evitar que estes criassem refúgios no país para lançar ataques contra o próprio Paquistão ou o Afeganistão.
Punjab tem sido tradicionalmente mais pacífica que outras partes do Paquistão. Mas no ano passado uma bomba matou um popular ministro da província e mais oito pessoas em um ataque contra a casa do ministro na região.
O Paquistão, nação com armas nucleares de 190 milhões de pessoas, é atormentado pela insurgência Talibã, gangues criminosas e violência sectária. Punjab é sua maior e mais rica província.

Fonte: G1


  • Soda cáustica recupera coral vítima de CO2
  • Homem é preso por ataques racistas a Taís Araújo ...
  • Justin Bieber é criticado por usar camiseta com frase...
  • Governo manda funcionário a Las Vegas para entende de jogos de azar...
  • Apesar das ameaças de morte, Sergio Moro se pronuncia...
  • Lula fortalece o meu governo; diz Dilma
  • Multidão pede renúncia de Dilma
  • Grampo pega conversa entre Dilma e Lula
  • Prefeitura do Rio faz ajustes em 11 linhas de ônibus...
  • Água servida de graça em bares e restaurantes do Rio...
  • Policiais civis fazem paralisação de três dias  ...
  • WhatsApp: novo vírus faz com que usuários tenham ...
  • França confirma caso de zika por transmissão sexual...
  • Jovens não podem ser evangelizados no Tajiquistão...
  • Microcefalia: 59% dos brasileiros desaprova aborto...
  • Governo não corta nem 20% dos comissionados após a...
  • Um jihadista no Brasil
  • 'Homem-árvore' fará 15 operações para se livrar 
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário