terça-feira, 22 de março de 2016

Governo quer mudar o comando da PF após vazamento de grampo telefônico

Imagem: Divulgação
O governo federal decidiu buscar um novo nome para a diretoria-geral da Polícia Federal. A mudança  no comando da Polícia Federal (PF) deve acontecer em até 30 dias.


O atual diretor-geral Leandro Daiello, segundo o jornal ‘Folha de S. Paulo’, perdeu a confiança do Planalto após o episódio da vazamento das gravações telefônicas feitas pela PF, a pedido do juiz Sérgio Moro, entre a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula.

O novo diretor deve ser um delegado da classe especial. A escolha do nome será feita pelo ministro Eugênio Aragão, que levará o nome para a confirmação da presidente Dilma. O objetivo é encontrar um nome de confiança do governo para ficar de olho na Operação Lava Jato.
O ministro da Justiça, que assumiu o cargo no início do mês, deu declarações afirmando que não vai tolerar vazamentos de investigações. Se isto acontecer, ele disse que vai trocar toda a equipe envolvida na investigação. 
Fonte: R7

  • Soda cáustica recupera coral vítima de CO2
  • Homem é preso por ataques racistas a Taís Araújo ...
  • Justin Bieber é criticado por usar camiseta com frase...
  • Governo manda funcionário a Las Vegas para entende de jogos de azar...
  • Apesar das ameaças de morte, Sergio Moro se pronuncia...
  • Lula fortalece o meu governo; diz Dilma
  • Multidão pede renúncia de Dilma
  • Grampo pega conversa entre Dilma e Lula
  • Prefeitura do Rio faz ajustes em 11 linhas de ônibus...
  • Água servida de graça em bares e restaurantes do Rio...
  • Policiais civis fazem paralisação de três dias  ...
  • WhatsApp: novo vírus faz com que usuários tenham ...
  • França confirma caso de zika por transmissão sexual...
  • Jovens não podem ser evangelizados no Tajiquistão...
  • Microcefalia: 59% dos brasileiros desaprova aborto...
  • Governo não corta nem 20% dos comissionados após a...
  • Um jihadista no Brasil
  • 'Homem-árvore' fará 15 operações para se livrar 
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário