quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Nasa detecta sinal de luz vindo da colisão de dois buracos negros


© Fornecido por Notícias ao Minuto

A agência espacial norte-americana NASA informou que um dos telecópios de raios gama parece ter detectado um sinal proveniente do ponto de origem das ondas gravitacionais que surpreenderam a comunidade astronômica mundial no último dia 11.
De acordo com Abraham Loeb, pesquisador do Centro Harvard-Smithsonian para Astrofísica, nos Estados Unidos, houve a detecção de um pulso de raios gama - em essência, luz - pelo telescópio espacial Fermi no dia 14 de setembro de 2015, gerado apenas 0,4 segundo depois do sinal de ondas gravitacionais detectado pelo LIGO.
Segundo o astrônomo, o pulso teria vindo de uma região do céu consistente com a determinada pelos pesquisadores da colaboração internacional envolvida na histórica descoberta.
Para Loeb, o padrão das ondas gravitacionais detectadas sugere que sua origem tenha sido a colisão de dois avantajados buracos negros, um com 29 vezes a massa do Sol e o outro com 36 massas solares, informou a Folha de S.Paulo.
fonte:Notícias por minuto


  • Documentos mostram como era feito desvio de verba ...
  • Filho de Eduardo Campos toma posse como chefe de Gabinete...
  • Dilma pede a evangélicos apoio no combate ao Aedes...
  • Shoppings em Moscou são esvaziados após ameaça de bombas ...
  • Ministro da Justiça assina petição pela liberação ...
  • Cubanos ‘fogem’ do país e vão para os EUA
  • Novo ‘HD’ guarda arquivos para sempre
  • O ‘maldito’ que se tornou líder cristão no Sri Lanka...
  • Cristãos se reúnem em igrejas subterrâneas nas Maldivas...
  • Turista argentina é esfaqueada e morta em Copacabana...
  • EUA dizem ter destruído centenas de milhões de dólares...
  • Vacina contra vírus da zika se mostra promissora ..
  • Mulher flagra criatura misteriosa em praia ...
  • Só um livro brasileiro entra no top 100 de universidade..
  • 48% dos médicos foi reprovada pelo Cremesp em 2015...
  • Pezão exonera secretário de Direitos Humanos 

  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário