segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Astronautas da Apollo 10 ouviram barulho estranho atrás da Lua

Da esquerda para a direita, os astronautas da Apollo 10 Eugene Cernan, John Young e Thomas Stafford (Foto: Divulgação/Nasa)
Da esquerda para a direita, os astronautas da Apollo 10 Eugene Cernan, John Young e Thomas Stafford (Foto: Divulgação/Nasa)
A Nasa revelou uma gravação com uma "música estranha", que a equipe da Apollo 10 ouviu em maio de 1969 durante o voo do lado escuro da lua, sem contato de rádio com a Terra.
O comandante do voo, Thomas Stafford, o piloto do módulo de comando, John Young, e o do módulo lunar, Eugene Cernan, fizeram a viagem durante um teste geral antes do primeiro desembarque em 21 de julho de 1969, quando na missão Apollo 11 Neil Armstrong tornou-se o primeiro homem a pisar na lua.
A gravação de assovios agudos - com um total de uma hora de duração - foi apresentada na noite de domingo na série "Os documentos inexplicáveis da Nasa ", do canal de televisão a cabo Discovery Channel. Assista ao vídeo, com narração em inglês (os sons aparecem por volta dois dois minutos)
Os sons foram registados e transmitidos para o centro de controle, em Houston (Texas, sul), onde foram transcritos e arquivados. O áudio surgiu em 2008 e só pode ser ouvido pelo público agora.
"Você ouviu isso? Esse apito...", diz Eugen Cernan na gravação. "É realmente uma música rara", continua o astronauta, enquanto sua nave sobrevoava o lado escuro da lua a 1.500 metros sem qualquer contato de rádio com a Terra.
Os três astronautas julgaram o fenômeno muito estranho e debateram se informariam seus superiores no centro de controle, por medo de não serem levados a sério e comprometerem seu futuro de participar de novas oportunidades de voos espaciais, segundo a Discovery.
Por mais raros que possam ter sido aqueles sons, não têm uma origem extraterrestre, insistiu a Nasa.
Um engenheiro da agência espacial entrevistado durante o programa explicou que "as rádios das duas naves, o módulo lunar e o módulo de comando (que estavam ancorados) criam interferência entre elas".
Esta explicação foi contestada pelo astronauta Al Worden, comandante do módulo de comando do Apollo 15. "A lógica me diz que se algo foi registrado ali, deve haver algo ali", afirmou no programa.
John Young chegou a fazer uma caminhada lunar como comandante da missão Apollo 16 e Eugene Cernan, comandante da Apollo 17, foi o último homem a pisar na lua. Ao todo, 12 astronautas caminharam sobre a superfície do satélite da Terra.
fonte:G1



  • Documentos mostram como era feito desvio de verba ...
  • Filho de Eduardo Campos toma posse como chefe de Gabinete...
  • Dilma pede a evangélicos apoio no combate ao Aedes...
  • Shoppings em Moscou são esvaziados após ameaça de bombas ...
  • Ministro da Justiça assina petição pela liberação ...
  • Cubanos ‘fogem’ do país e vão para os EUA
  • Novo ‘HD’ guarda arquivos para sempre
  • O ‘maldito’ que se tornou líder cristão no Sri Lanka...
  • Cristãos se reúnem em igrejas subterrâneas nas Maldivas...
  • Turista argentina é esfaqueada e morta em Copacabana...
  • EUA dizem ter destruído centenas de milhões de dólares...
  • Vacina contra vírus da zika se mostra promissora ..
  • Mulher flagra criatura misteriosa em praia ...
  • Só um livro brasileiro entra no top 100 de universidade..
  • 48% dos médicos foi reprovada pelo Cremesp em 2015...
  • Pezão exonera secretário de Direitos Humanos 
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário