segunda-feira, 27 de abril de 2015

Protesto contra morte de jovem negro tem confronto com a polícia

Pessoas sobem em carro da polícia em Baltimore nesta segunda-feira, durante protesto contra morte de jovem negro  (Foto: AP Photo/Juliet Linderman)Pessoas sobem em carro da polícia em Baltimore nesta segunda-feira, durante protesto contra morte de jovem negro (Foto: AP Photo/Juliet Linderman)
Um tumulto teve início na tarde desta segunda (27) em Baltimore, nos EUA, pouco depois do enterro de Freddie Gray, um jovem negro de 25 anos que morreu no dia 19 de abril, uma semana após ser detido. A polícia diz que ao menos sete de seus homens ficaram feridos e que um deles está inconsciente após confrontos com manifestantes.
Na noite desta segunda, a prefeita de Baltimore, Stephanie Rawlings-Blake, declarou toque de recolher na cidade das 22h às 5h por pelo menos uma semana a partir de terça-feira.
A confusão começou perto do shopping center Mondawmin e se espalhou pela região, apesar da tentativa da polícia de conter os manifestantes, inclusive com o uso de gás lacrimogêneo. Não há um anúncio oficial sobre o número de detidos.
Segundo a agência AP, o capitão Eric Kowalczyk diz que há policiais com ossos quebrados depois que pessoas atiraram pedras e tijolos neles.
Um grupo também saqueou uma loja de conveniências, depois de quebrar as janelas do estabelecimento. Um vídeo, publicado por uma testemunha no Twitter, mostra pessoas recolhendo produtos dentro de uma loja parcialmente destruída.  
Em seu perfil no Twitter, a polícia local diz que há relatos de grupos incendiando objetos nas ruas e de que um fotógrafo teria sido empurrado e chutado. Ao menos um carro da polícia foi cercado e destruído por pessoas que pularam sobre ele.
Protesto anterior
Na última quinta (23), outro protesto pela morte de Gray já havia reunido cerca de 200 pessoas, mas na ocasião não houve registro de violência.

Freddie Gray morreu em um hospital no dia 19 de abril. O jovem havia sido interpelado no dia 12 e sofreu uma ruptura de vértebra durante a detenção, segundo a polícia, que o acusou de portar um canivete. De acordo com a imprensa, o jovem também teria sofrido um trauma na laringe.

Vídeos gravados por pedestres mostram como a polícia atirou Gray no chão no momento da detenção, enquanto o jovem negro, gritando de dor, era colocado em um furgão. "Foi dobrado como se fosse um caranguejo ou uma figura de origami", disse Keven Moore, que fez um dos vídeos ao jornal Baltimore Sun. "Gritava por sua vida".

"Sabemos que ele estava bem quando entrou no veículo da polícia, mas já não reagia na saída", afirmou a prefeita Stephanie Rawlings-Blake.

EUA confrontos Baltimore morte jovem negro (Foto: AP)Carro da polícia queima em confronto  (Foto: AP)
Funeral
No começo do funeral, a polícia anunciou ter recebido a ameaça de que "várias gangues da cidade se associaram para 'eliminar' agentes policiais".
A cerimônia, realizada na Igreja Batista New Shiloh, contou com cerca de 3 mil pessoas, durou cerca de duas horas e meia e teve um forte viés político. O pastor Jamal Bryant disse que Freddie Gray "fez o que é proibido aos homens negros: olhar nos olhos de um policial".
"Estamos aqui por Freddie Gray, mas também porque há muitos Freddie Gray", complementou o advogado da família, Billy Murphy, sob aplausos.
Um monitor no interior do local onde o jovem era velado exibia a mensagem "a vida dos negros importa e todas as vidas importam."
Broderick Johnson, chefe do órgão recentemente criado pelo presidente Barack Obama para apoiar os jovens negros (My Brother's Keeper Task Force) representou o governo no funeral.
Manifestantes atiram pedras na polícia após o funeral de Freddie Gray, na Igreja Batista New Shiloh, em Baltimore, na segunda (27)  (Foto: AP Photo/Jose Luis Magana)Manifestantes atiram pedras na polícia após o funeral de Freddie Gray, na Igreja Batista New Shiloh, em Baltimore, na segunda (27) (Foto: AP Photo/Jose Luis Magana)
  •  
 Policial tenta apagar chama causada por uma lata de gás lacrimogêneo durante confronto com manifestantes em Baltimore, na segunda (27) (Foto: AFP Photo/Brendan Smialowski)
Policiais tentam conter manifestantes em Baltimore, na segunda (27), durante protesto pela morte de Freddie Gray (Foto: AP Photo/Jose Luis Magana)Policiais tentam conter manifestantes em Baltimore, na segunda (27), durante protesto pela morte de Freddie Gray (Foto: AP Photo/Jose Luis Magana)Fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário