segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Candidatos americanos recorrem a propagandas políticas 'bizarras'



Candidato ao Senado pelo Iowa Bob Quart exibe sua arma num aviso a quem ameaçar sua família: "Vou usar minha (pistola) Glock para estourar suas bolas" (Foto: Reprodução/YouTube)
Candidato ao Senado pelo Iowa Bob Quart exibe sua arma num aviso a quem ameaçar sua família: "Vou usar minha (pistola) Glock para estourar suas bolas" (Foto: Reprodução/YouTube)
A campanha para as eleições legislativas americanas desta terça-feira (4) inclui uma boa dose de personagens, propostas e, principalmente, anúncios inusitados.

Uma das propagandas eleitorais mais comentadas da disputa é a da candidata republicana ao Senado em Iowa, Joni Ernst.
O anúncio intercala imagens de Ernst e de suínos, com direito ao som de grunhidos, enquanto a candidata diz que cresceu em uma fazenda, está acostumada a castrar porcos e, no Congresso, saberá cortar gastos.
Ela encerra o anúncio afirmando: "Washington está cheia de gastadores. Vamos fazê-los guinchar".
O anúncio, lançado em março, foi considerado "bizarro" até por republicanos, mas parece ter surtido efeito. Apenas nos primeiros três dias, ele foi visto 400 mil vezes no YouTube, e o bordão conquistou o público.
Ernst ganhou a indicação republicana nas primárias e, segundo pesquisas de intenção de voto, deve bater o adversário democrata, Bruce Braley, na votação desta terça-feira.
Armas
Ao contrário de Ernst, o candidato Bob Quast, que também concorre ao Senado por Iowa, não pertence a nenhum dos grandes partidos nem tem chance de se eleger.
Mesmo assim, Quast conquistou alguns minutos de fama com um vídeo lançado em abril no qual aparece empunhando uma arma e deixando claro o que fará com quem ameaçar sua família - sua irmã foi assassinada pelo marido em 1999.
"Se você é o predador sexual e sociopata que assassinou minha irmã Lynette e vier à minha porta fazer mal às minhas filhas, eu vou usar a minha (pistola) Glock para estourar as suas bolas", diz o candidato, sorrindo para a câmera, enquanto faz sua defesa do porte de armas.
Vídeo da candidata republicana ao Senado em Iowa, Joni Ernst, é um dos mais comentados: intercala imagens dela e de suínos e o som de grunhidos (Foto: Reprodução/YouTube)
Vídeo da candidata republicana ao Senado em Iowa, Joni Ernst, é um dos mais comentados: intercala imagens dela e de suínos e o som de grunhidos (Foto: Reprodução/YouTube)
Anúncio do candidato do Tea Party J. D. Winteregg foi inspirado em propagandas de estimulantes sexuais como Viagra e Cialis (Foto: Reprodução/YouTube)
Anúncio do candidato do Tea Party J. D. Winteregg foi inspirado em propagandas de estimulantes sexuais como Viagra e Cialis (Foto: Reprodução/YouTube)
Quast também faz menção ao anúncio de Ernst em seu vídeo: "Por favor, não me confunda com a candidata republicana de Iowa ao Senado", diz Quast, enquanto empunha uma faca e mostra a imagem de um porco.
Disfunção erétil
Outro anúncio que virou notícia, apesar de não ter necessariamente beneficiado seu autor, foi o de J. D. Winteregg, candidato apoiado pelo movimento conservador Tea Party.
Em sua mal-sucedida tentativa de vencer o presidente da Câmara dos Representantes, John Boehner, nas primárias que escolheriam o candidato do Partido Republicano em Ohio, Winteregg apostou em um vídeo inspirado em propagandas de medicamentos como Viagra ou Cialis.
Diante de várias imagens de casais se divertindo, o narrador insinua que Boehner sofre de disfunção erétil.
"Pode ser uma questão de fluxo sanguíneo. Às vezes, quando um político está em Washington há tempo demais, sobe a sua cabeça e ele simplesmente não consegue fazer seu trabalho", diz o narrador.
O anúncio ainda tenta fazer um trocadilho entre o sobrenome do adversário e o termo em inglês para descrever uma ereção: "Se você tiver um Boehner durante mais de 23 anos (tempo em que o presidente da Câmara é deputado), busque um médico imediatamente".
Além de perder a primária, Winteregg também acabou perdendo o emprego de professor em uma universidade cristã por causa do anúncio.
Silêncio
Eleito por alguns republicanos como o pior anúncio da campanha, o vídeo estrelado por Terry Lynn Land, candidata do partido ao Senado por Michigan, é marcado por um longo silêncio.
Vídeo de Terry Lynn Land, candidata republicana ao Senado por Michigan, é tido por alguns como o pior anúncio da campanha (Foto: Reprodução/YouTube)
Falando diretamente ao espectador, Land rebate acusações de seu adversário democrata sobre sua oposição ao aborto.
"Gary Peters e seus camaradas querem que você acredite que estou travando uma guerra contra as mulheres. É mesmo? Pense nisso por um minuto", diz a candidata, para em seguida ficar em silêncio por vários segundos, enquanto toma uma xícara de café e olha para o relógio.
Segundo as pesquisas, Land está 15 pontos atrás de Peters.
No Estado de Virginia Ocidental, a candidata ao Senado pelo Partido Democrata, Natalie Tennant, foi além na estratégia do silêncio.
Em um dos anúncios de sua campanha, de quase dois minutos, o vídeo mostra imagens de Tennant e sua família, sem nenhum diálogo, legenda ou narração.1



fonte:G1

Estudo diz que grande erupção vulcânica poderá destruir o Japão...
Polícia indicia missionário por morte de jovem afogado...
Nasa publica imagem que mostra efeito da seca no Sistema Cantareira..
Traficante da Colômbia preso em RR é suspeito de 250 homicídio...
Ebola chega a Nova Iorque
Pano é esquecido dentro da barriga de paciente
Indiano comemora gol com salto que o leva a morte
Miss Universo 65 gasta US$ 2 milhões em plástica ..
Viver com fumante equivaleria a morar em cidade poluída.
Vacinas experimentais contra o ebola podem ser testadas...
Armas dos EUA caem nas mãos de terroristas do Estado Islâmicos...
jihadistas apedrejam mulher acusada de adultério ...
Anvisa proíbe venda de lote de açúcar com excremento ...
Time de futebol contrata pastor para evitar rebaixamento..
Aumento da contaminação por ebola pode encarecer chocolate...
Vereadores de Franca oram pedindo chuvas para São Paulo...
Seita ensina que Jesus reencarnou em uma mulher chinesa..
OMS declara Nigéria livre do ebola
Suspeito de matar 39 pessoas frequentava igreja ...
Engenheiro planeja popularizar máquina que produz água...
Britânica fica em choque ao 'receber SMS' de avó morta..
Clarão no céu chama atenção de moradores ...
Fogo já destruiu 2.830 hectares em Petrópolis, RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário