terça-feira, 14 de outubro de 2014

Setembro de 2014 foi o mais quente desde 1880, aponta a Nasa




 

O mês de Setembro de 2014 foi o mais quente já registrado desde 1880, ano em que os cientistas iniciaram a medição global de temperaturas.
A informação foi divulgada pela agência espacial americana, a Nasa, a partir da análise do Instituto Goddard de Estudos Espaciais.

Segundo o site da revista "Time", o dado foi conhecido um mês depois da divulgação de que  agosto também fi o mais quente desde o século 19   – uma tendência infeliz que, de acordo com a Nasa, estaria ligada com o aquecimento global.
El Niño pode ocorrer até o final do ano
De acordo com a Agência Nacional Oceânica e Atmosférica, a NOAA, uma nova edição do fenômeno El Niño deve começar até o fim do ano e aumentar a temperatura do Oceano Pacífico, que continuaria elevadas até a primavera de 2015.
Batizado em homenagem ao Menino Jesus (em espanhol, "El Niño"), o fenômeno provoca alterações na atmosfera.
Segundo os cientistas, a anomalia na costa pacífica da América do Sul deixa o mar ao menos 0,5ºC mais quente e enfraquece os ventos alísios (que sopram de leste para oeste) na região equatorial. Isso provoca uma mudança no padrão de transporte de umidade pelo globo, variações na distribuição de chuvas em regiões tropicais e de latitudes médias e altas, além de inconstância nas temperaturas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário