quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Colômbia nega entrada a quem visitou países da África

 Imagem: Centers for Disease Control and Prevention

A Colômbia começou a negar a entrada de pessoas que visitaram recentemente os países da África Ocidental afetados pelo vírus do ebola, segundo a agência Reuters, que ouviu fontes do Ministério das Relações Exteriores.
A medida entrou em vigor na terça-feira (14) e se aplica a quem esteve em Serra Leoa, Libéria, Guiné e Nigéria. O país se tornou a primeira nação latino-americana a impor essa restrição.
 Guardas de fronteira da Colômbia vão negar entrada a qualquer pessoa com passaporte que mostre uma recente viagem aos países com surto, e os consulados vão vetar os pedidos de visto aos que visitaram essas nações nas quatro semanas anteriores.
Outros países como o Qatar, Cabo Verde e a África do Sul também determinaram medidas restritivas a passageiros vindo de regiões afetadas pela epidemia. Os Estados Unidos adotaram procedimentos em aeroportos para checar a temperatura de passageiros.
O surto de ebola na África Ocidental é o pior já registrado, com pelo menos 4.447 mortos. A epidemia ainda está se espalhando pela Guiné, Serra Leoa e Libéria. Segundo projeções da Organização Mundial da Saúde (OMS)  podem haver entre 5.000 e 10.000 novos casos por semana no início de dezembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário