terça-feira, 9 de setembro de 2014

Governo da Itália examina caso suspeito de ebola no País

Itália examina caso suspeito de ebola (CDC)
O Ministério da Saúde da Itália divulgou nesta terça-feira (9) que examina uma paciente com suspeita de ter sido contaminada pelo ebola.
De acordo com a agência Reuters, Roma não deu detalhes da localização, mas o jornal local "Corriere Adriatico" informou que a mulher sob avaliação tem 42 anos, mora em Civitanova Marche, perto de Ancona, e voltou recentemente da Nigéria.
Segundo a agência France Presse, o governo da região de Marcas, centro do país, informou em comunicado que se trata de uma nigeriana que apresentou sintomas semelhantes aos do ebola.
A mulher compareceu à emergência de um hospital local com febre, dores musculares, náuseas e vômitos. As autoridades decidiram interná-la porque ela havia retornado há seis dias da Nigéria e o período de incubação para a doença é de 21 dias. Os exames determinarão a natureza exata dos sintomas.
O hospital em Ancona, para onde foi transferida, não quis comentar o assunto. Se confirmado, esse seria o primeiro caso conhecido de ebola na Itália.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a Libéria concentra praticamente a metade de todos os infectados e mortos pela epidemia que atinge a África Ocidental. Segundo o último balanço da agência das Nações Unidas, até agora, 2.097 pessoas morreram e 3.944 pessoas foram contaminadas pelo ebola.
fonte:G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário