sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Filhas de Mandela souberam de morte durante estreia de seu filme

As duas filhas mais novas do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, souberam que seu pai tinha morrido durante a estreia do filme "Mandela: Long walk to freedom" em Londres, informou nesta sexta-feira (6) a Fundação Nelson Mandela.
O filme, que estreou na África do Sul na semana passada, relata a vida do líder e ex-presidente sul-africano.
"Elas [as filhas] receberam a notícia da morte de seu pai durante a projeção e deixaram o cinema imediatamente", disse a organização.
Entre os presentes na estreia do longa-metragem, estava o príncipe William da Inglaterra, neto da rainha Elizabeth II, e sua mulher, a duquesa de Cambridge, Kate Middleton.
O atual presidente da África do Sul, Jacob Zuma, comunicou em um discurso na rede pública de TV e rádio do país que Mandela havia morrido na quinta-feira (5), às 20h50 (horário local), em companhia de sua família.
"[Ele] Morreu em paz. Nossa nação perdeu o maior de seus filhos e um pai", informou Zuma à 0h50 local desta sexta-feira.
Mandela se tornou, em 1994, o primeiro presidente negro da história da África do Sul e liderou, junto com seu antecessor no cargo e último governante do apartheid, Frederik De Klerk, uma transição democrática que evitou uma guerra civil entre brancos e negros no país.
Mandela havia saído da prisão quatro anos antes, em 1990, após ficar preso durante 27 anos por suas ações contra o regime segregacionista. Foi nas prisões do apartheid que ele contraiu os problemas respiratórios que contribuíram para sua morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário