terça-feira, 19 de novembro de 2013

Recordista americano de apneia morre durante competição

Nascido em São Petersburgo, em Pinellas County, no estado da Flórida, Nicholas Mevoli tornou-se um fenômeno do mergulho livre (apneia) em um ano. Recordista americano, Mevoli foi talvez vítima da própria confiança. Durante uma das etapas do circuito internacional da Aida, Federação Internacional Mundial para apneia em mergulho, nas Bahamas, o americano atingiu 72 metros antes de voltar. No retorno, porém, após 3 minutos e 38 segundos sob a água, Mevoli tirou os óculos de proteção, como de praxe na modalidade, mas já sentindo a pressão do retorno à superfície, perdeu a consciência e morreu momentos depois, após ser levado a uma clínica próxima.
Nicholas Mevoli  (Foto: Reprodução / Facebook)Nicholas Mevoli em ação. Americano era recordista no país (Foto: Reprodução / Facebook)


- A morte do Sr. Mevoli foi a primeira em mais de 20 anos de competições da Aida. Vamos rever o acidente para saber o que podemos fazer para evitar mais lesões graves - disse a entidade em comunicado divulgado na segunda-feira.
Nicholas Mevoli  (Foto: Reprodução / Facebook)Nicholas morreu nas Bahamas durante competição (Foto: Reprodução / Facebook)
 
Após treinar por dois anos em piscinas e tanques no Brooklyn, onde passou a viver, Mevoli foi em busca de mais um recorde, agora nas Bahamas, na "Dean’s Blue Hole", cavidade de 200 metros de profundidade, lendária, de cor azul-turquesa, e localizada em uma ilha quase deserta. Reza a lenda que o local teria sido esculpido pelo diabo, e a população avisa sempre que ninguém deve se aventurar por ali.

- A água é a aceitação do desconhecido, de demônios, de emoções, de deixar ir e permitir-se fluir livremente com ela. Venha para a água disposto a ser consumida por ela, mas também tenha a confiança de que a sua capacidade irá trazê-lo de volta - disse Mevoli em post publicado em junho.

Em 2012, Nicholas atingiu a marca de 91 metros em sua primeira grande competição, em Fort Lauderdale, na Flórida. A marca foi impressionante, já que meses atrás o atleta não passava de 30 metros. Em maio, em Honduras, ele conseguiu 100 metros na disciplina constante de peso e ficou sob a água por 2 minutos e 45 segundos.

fonte:http://globoesporte.globo.com/outros-esportes/noticia/2013/11/recordista-americano-de-apneia-morre-em-competicao-nas-bahamas.html


  • Exposição irá mostrar nomes engraçados de igrejas...
  • Homem processa mulher por ter tido ‘filhos feios’
  • Depressão é a segunda maior causa global de invali...
  • Mulher duvidava de Deus, morre e diz que falou com...
  • ‘Igreja para ateus’ reúne centenas de pessoas nos ...
  • Homem é enterrado vivo em cemitério de São Paulo
  • Repórter descobre ter câncer de mama durante reportagem...
  • Veja a lista dos vencedores do Troféu Promessas  ...
  • Danilo Gentili oferece 'bananas' a internauta negro...
  • Renomado cientista afirma que se houver outro terremoto...
  • 80 pessoas são fuziladas pelo “crime” de possuir  ...
  • Pastores pedem armas para se defender de ataques.
  • Perseguição implacável ameaça presença cristã    ...
  • Grupo ateísta afirma: "Nada faz você ser ateu mais...
  • Igreja Hillsong está entre as 10 mais influentes 
  • Jovem rasga a Bíblia durante aula e é suspenso 
  • Motorista de ônibus escolar é demitido por orar 
  • Bilhete de cristão para garçom gera polêmica
  • Cristãos são massacrados na África
  • Líder de igreja é degolado enquanto orava por homem...
  • Igreja Mundial vive crise; revela Revista
  • Silas Malafaia e Lindbergh Farias são acusados 
  • Lipoaspiração de Deus.Pastor que promete emagrecimento...
  • 70% dos brasileiros não confiam no trabalho da polícia...
  • Justiça do Rio condena Deborah Secco por desvio de verba...
  • David Beckham lança e autografa livro pelo Facebook...
  • 20 mil menores dão à luz por dia em países pobres

  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário