segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Governo corta gastos com transporte para a Copa e aumenta com estádios

Ministério do Esporte divulgou nesta segunda 5º balanço de investimentos.
Doze obras de mobilidade urbana foram excluídas de cronograma oficial.


Balanço divulgado nesta segunda-feira (25) pelo Ministério do Esporte mostra que os gastos totais previstos para mobilidade urbana para a Copa tiveram redução de R$ 1,567 bilhão em relação ao último levantamento, ficando em quase R$ 15 bi no total.

Já os gastos com estádios subiram R$ 898 milhões, alcançando total de pouco mais de R$ 8 bilhões com construção e reforma das 12 arenas que receberão os jogos. Seis estádios já foram entregues e outros seis têm entrega prevista para dezembro deste ano.
No cronograma oficial, 12 obras de mobilidade urbana foram excluídas, em relação ao último levantamento, além das reformas de um porto e um aeroporto, que já estavam atrasadas.

Segundo o documento, as intervenções em estádios, mobilidade urbana, aeroportos e portos somam 93 obras em andamento ou já concluídas, no valor total de R$ 22,9 bilhões. Se acrescidas obras com telecomunicações, infraestrutura de turismo, segurança e defesa, o total de investimentos previstos sobe para R$ 25,6 bilhões.
fonte:G1
  • Valorize ,enquanto houver vida!
  • Eu estou vivo
  • Apenas 2 minutos e uma grande mudança!
  • O segredo da vida
  • O ser humano e a sua ganancia
  • Copacabana entrará para a história.
  • A submissão nos corrige
  • Perdendo terreno
  • Nenhum comentário:

    Postar um comentário