quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Jovem perdoa e ora por pai que tentou lhe matar com injeção de HIV

Imagem: Reprodução/TwitterDepois de seu pai, Brian Stewart, ter tentado lhe matar ainda bebê, Brryan Jackson, 22 anos, relatou recentemente que ora pela salvação de seu pai, agora que conseguiu finalmente perdoá-lo, depois de muito sofrimento.
“Eu acho que há salvação é para todos e eu me encontro às vezes orando pela salvação de meu pai”, declarou o jovem em entrevista ao canal norte-americano Fox News 2.
Quando tinha apenas onze meses de vida, o pai de Brryan decidiu injetar no filho sangue contaminado pelo vírus HIV para que o bebê viesse a óbito e ele não precisasse pagar pensão alimentícia, após processo de separação com a mãe. Acusado de agressão em primeiro grau, Brian Stewart foi condenado à prisão perpétua.
Contaminado com o vírus da AIDS  desde os cinco anos, Brryan passou por uma longa batalha interna para conseguir perdoar seu pai. Hoje ele credita a sua fé cristã a abertura para esse caminho de compaixão e perdão.
“O perdão não é fácil. Eu sabia o que meu pai fez para mim desde quando tinha 5 anos, mas não quero me rebaixar ao nível que ele se encontrava. Quero ser um homem melhor. Eu quero ser alguém que saia desta deixando rostos felizes”, disse ele durante a premiação TeenNick HALO 2009.
A cerimônia do TeenNick HALO é realizada todos os anos pelo canal Nickelodeon, para homenagear jovens com histórias de superação que possam inspirar ou ajudar outros jovens, e a trajetória de Brryan Jackson o levou a receber o prêmio em 2009 .
Com o auxílio médico e uma forte base espiritual, Brryan pôde ultrapassar obstáculos como evitar o avanço da infecção, sofrer bullying por conta da AIDS e até mesmo pensar em suicídio. Ele quer continuar sua vida na faculdade e tem a intenção de seguir carreira no ministério da igreja ou na política. Ele trabalha na ONG Hope Is Vital (Esperança é Vital), que é voltada para ajudar pessoas contaminadas pelo vírus HIV.

Nenhum comentário:

Postar um comentário