sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Bispo Edir Macedo é uma das 20 pessoas mais influentes do Brasil


Bispo Edir Macedo é uma das 20 pessoas mais influentes do BrasilEdir Macedo é uma das 20 pessoas mais influentes do Brasil
Uma série se reportagens sobre as “pessoas mais poderosas do Brasil” vem sendo publicada diariamente pelo portal IG. Em 16º lugar aparece o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, Bispo Edir Macedo.
Segundo o portal, ele é “um dos maiores fenômenos religiosos das últimas décadas, no Brasil e no exterior”. A IURD está presente em 170 países, nos cinco continentes. Ele também é dono da Rede Record, a segunda maior rede de TV do país.
Existem alguns dados sobre o número de seguidores que a Universal reúne. Seriam 8 milhões nas contas da igreja, mas oficialmente o IBGE calcula em 1,8 milhão. Mesmo assim, seu discurso positivo sobre a bênção financeira ser o desejo de Deus, além da salvação da alma, continua atraindo novas pessoas a cada dia.
Isso não o isenta de criticas e perseguições, Macedo já foi acusado de charlatanismo, curandeirismo e enriquecimento com a exploração da fé. Ele refletiu sobre tudo isso e os dias que passou na prisão em 1992 na sua biografia de sucesso “Nada a perder”, cujos 2 primeiros volumes já foram publicados.
A editora Planeta, responsável pela obra, anuncia que o primeiro volume vendeu mais de um milhão de exemplares em todo o mundo desde seu lançamento. Foi o livro mais vendido no Brasil em 2012, superando best-sellers como “50 tons de cinza” e as biografias de Steve Jobs e Eike Batista.
Nascido no Rio de Janeiro, em 1945, cresceu em uma família católica praticante. Lembra que, quando garoto, ironizava os evangélicos da Assembleia de Deus. Frequentou o espiritismo e até terreiros de macumba, mas afirma que não encontrou “as respostas desejadas”. Quando se converteu na Igreja Nova Vida, jogou no chão as imagens e medalhas religiosas que carregava: “Fitei os olhos deles e, apontando o dedo com desdém, desafiei: ‘Desgraçados! Vocês me enganaram!’”, conta.
Quanto trabalhava numa agencia da Loteria da Guanabara, impediu a entrada de um monsenhor no escritório, que vinha buscar dinheiro, pois na época algumas sociedades católicas recebiam das loterias. “Eu barrei a Igreja Católica naquele dia. Simbolicamente, seria um prenúncio do que se tornaria a sina da Igreja Universal ao longo os anos”, conta no livro. Portanto, desde então faz questão de anunciar: “A sina da Universal é barrar a Igreja Católica”.
Ele fundou a IURD, em 1977, com o cunhado Romildo Ribeiro Soares, hoje na Igreja da Graça. Reunindo pessoas em um coreto no bairro do Méier, um dos mais populosos do Rio de Janeiro, ele chega agora aos mais de cinco mil templos, contando com mais de 10 mil pastores e bispos. Trata-se do maior e principal grupo neopentecostal do Brasil.
Macedo e Soares frequentavam a Igreja Pentecostal da Nova Vida, mas decidiram iniciar sua própria igreja, a princípio chamada “A Cruzada do Caminho Eterno”, depois “A Casa da Bênção” e finalmente “Igreja Universal do Reino de Deus”. Anos mais tarde os dois seguiram caminhos separados.
Além das grandes Catedrais da fé espalhadas pelo país, a sede no Rio, chamada Tempo da Glória do Novo Israel, em breve deve inaugurar uma réplica, em tamanho real, do Templo de Salomão em São Paulo.
O relato da compra da TV Record em 1989, por US$ 45 milhões, está no segundo volume da biografia. “Até hoje não sei como conseguimos. Não foi por caminhos semelhantes ao de qualquer negócio comum. Não houve cálculos detalhados nem estudos financeiros. Simplesmente, agi pela fé”.
Seu sucesso incomoda. A revista “Forbes” o colocou na lista dos homens mais ricos do Brasil, com uma fortuna avaliada em US$ 1,1 bilhão. Por outro lado, em 2007, a Polícia Federal o investigou pela prática de crimes de falsidade de ideológica, contra a fé pública, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro.  Em 2008, a Folha de São Paulo mostrou que Macedo era o “maior detentor de concessões na mídia eletrônica brasileira”, tendo 23 emissoras de tevê. Contudo, usando uma conta no paraíso fiscal das Ilhas Jersey, estaria apenas “esquentando” os dízimos recebidos pela Universal.
Além de enfrentar a mídia, o Ministério Público e a Polícia Federal, Macedo também tem brigas públicas com o ex-aliado Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus. Num dos momentos mais tristes do confronto, ambos acusaram o adversário de ter se instalado na igreja e na vida do rival.
Apesar de tudo isso, o bispo Edir Macedo continua sendo uma das pessoas mais influentes do país.
fonrte:gospelprime

Nenhum comentário:

Postar um comentário