quarta-feira, 26 de junho de 2013

Após 37 anos, organização de 'cura gay' pede desculpas e encerra suas atividades

A organização Exodus International, a maior do mundo dedicada à "cura gay", está encerrando suas atividades após 37 anos. 

Em uma carta à comunidade homossexual, bissexual e transexual, o líder da entidade missionária, Alan Chambers (foto acima), pediu "desculpas pela dor e pelo sofrimento" que ele e a organização causaram a muitas pessoas. Chambers admitiu ser gay:

"Vários anos atrás eu, de forma conveniente, omiti minha atração pelo mesmo sexo. Eu tinha medo de dividir isso. Hoje, entretanto, aceito esse sentimento como parte da minha vida", escreveu ele, de acordo com trecho da carta publicada pelo site "Gawker".

Chambers disse que a organização cristã que lidera terá uma outra diretriz a partir de agora.



Fonte: Acapa

Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário