quarta-feira, 15 de junho de 2011

***TESTEMUNHO***

Maio 17, 2011
Dhanishta, sofreu abuso do marido e sogros por causa de sua fé em Cristo.
Dhanishta Jode acabou ficando sem teto por causa da sua fé.
Ela pertence à congregação mantida pela Gospel for Ásia, liderada pelo pastor Saroj Nanda e ama Jesus, mas a maioria de seus parentes, não. Eles seguem uma religião tradicional de sua região.
Quando um de seus parentes morreu, o marido de Dhanishta  disse-lhe para participar de um ritual fúnebre que requeria que ela se curvasse aos ídolos. Acreditando que era contra a lei de Deus, Dhanishta humildemente recusou, o que irritou o marido. Ele emtão começou a espancá-la violentamente.
"As testemunhas explicaram a forma terrível que ela foi espancada, não só por seu marido, mas também por seus sogros", escreve um correspondente da GFA.
Após o ataque, o marido de Dhanishta  e sua família a obrigaram a sair de casa e avisaram a ela para nunca mais voltar.
Dhanishta, que tem 30 anos, não tinha lugar para ir pedir ajuda. Nenhum dos membros de sua família, incluindo seus pais, iria deixá-la viver com eles, porque estavam com medo do seu marido. Mas como ela continuava confiando em Jesus a paz de Cristo invadiu Dhanishta , pois ela sabia que Ele estava no controle da situação.
O apoio do Pastor Saroj e de outros crentes ajudaram Dhanishta durante este tempo, e ela pediu a seus irmãos e irmãs em Cristo, para orarem por ela, para que ela permanecesse fiel a Jesus até seu último suspiro.
Enquanto oravam por ela, Deus graciosamente respondeu. Vendo a dura perseguição que ela passava, um grupo de fiéis, e até mesmo alguns não cristãos na vila imploraram a seu marido que entendesse que Dhanishta não tinha feito nada de errado. Deus respondeu às suas orações e o coração dele foi quebrantado.
O marido de Dhanishta permitiu finalmente que ela voltasse. Na verdade, ele começou até mesmo a apoiá-la e encorajá-la a ficar forte em meio à oposição de sua família!
Mas, apesar de sua situação melhorada, Dhanishta sabe que ela deve estar determinada a seguir a Deus, não importando a oposição com que tenha que lutar.
"Mesmo se eu tiver que morrer por isso, eu nunca vou parar de seguir o Senhor até o fim da minha vida", disse ela. 
Fonte: Gospel for Asia

Nenhum comentário:

Postar um comentário